Carta do Presidente Ciro Pereira aos funcionários do Theatro Municipal – Dezembro/2018

Carta_Ciro_Dezembro

Aos funcionários e colaboradores do Theatro Municipal do Rio de Janeiro – dezembro de 2018 

  Há muitos dezembros não temos uma agenda de espetáculos tão numerosa, diversificada e atraente como a que estamos oferecendo ao público neste fim de ano. Nem mesmo quando a crise financeira não havia, ainda, atingido a economia de nosso Estado, o público não foi brindado com tamanha gama de opções, que somam mais de 40 apresentações.
  E o que é bastante significativo: a maioria das produções é assinada pelos corpos da casa, o Ballet do Theatro Municipal, nossa Orquestra Sinfônica e nosso Coro, dando oportunidade a todos de exercerem seus talentos.
  O mês começou com a nova temporada do “Art&Quartet”, promovendo, no palco, o diálogo entre o quarteto de cordas Atlas e os integrantes do Ballet do Theatro Municipal, em seis récitas. A ópera “João e Maria” ganhou ares de comédia e está lotando a sala Mário Tavares com 12 sessões programadas, além dos sete ensaios abertos. Aqui faço um parênteses para falar da minha satisfação em constatar que a sala MárioTavares, no prédio anexo, está cada vez mais sendo utilizada como opção para plateias intimistas, com seus 160 lugares. Nesse espaço aconteceu, no início do mês, a Quinta Semana do Violino, com palestras e recitais de violinistas consagrados.
  O ballet “Giselle”, uma das peças mais populares da dança romântica, com suas cinco apresentações, é a oportunidade para mostrar a maturidade dos jovens artistas do Ballet da Escola Maria Olenewa, à frente o primeiro-bailarino do Teatro Colón Federico Fernández e a primeira-bailarina do Ballet do Theatro Claudia Mota.
  Por fim, teremos o nosso Concerto de Natal, dia 19, cumprindo uma tradição comum aos grandes teatros de música erudita no mundo, nessa época, sob a batuta do maestro Claudio Cruz.
  O palco nobre e centenário do Theatro também abrigou a cerimônia de formatura da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, a comemoração dos 70 anos do pianista Arnaldo Cohen, em concerto com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, o Concerto de 170 anos da Escola de Música da UFRJ e apresentações da Orquestra Sinfônica Brasileira, nossa grande parceira, em noite única num tributo a John Williams. A OSB ainda tem programados seu Concerto de Natal, dia 17, e um repertório dedicado às valsas vienenses, dias 26 e 27.
   Em um ano em que lutamos, novamente, contra a escassez de recursos, o apoio da Secretaria de Estado de Cultura foi fundamental. Encerramos o ano mantendo firme nossa política de preços populares, democratizando o acesso da população ao TMRJ. Só tenho a agradecer, sensibilizado, a todos que colaboraram com sua dedicação e paixão para que as portas do Theatro municipal do Rio de Janeiro se mantivessem abertas e a programação digna da imagem internacional dessa verdadeira joia da cultura brasileira. 

 Ciro Pereira da Silva
 Presidente do Theatro municipal do Rio de Janeiro