coro
Santiago Guerra

Santiago Guerra

Em 1931, o mesmo Decreto nº 3.506 de 02 de maio, que criou a Orquestra do Theatro Municipal, determinou também a criação do Coro. Sua organização efetiva, no entanto, só ocorreria na temporada de 1933, quando se apresentou pela primeira vez, em 03 de agosto, na ópera Andrea Chénier, de Umberto Giordano, sob a regência de Santiago Guerra (1902-1998), seu primeiro maestro titular.

Em diversas ocasiões o Coro foi dirigido por nomes como Oscar Leone, Gianni Lazzari, Norberto Molla, Andrea Morosini, Romano Gandolfi, Nelson Nilo Hack, Henrique Morelenbaum e Genzon Martinelli. Com a aposentadoria do maestro Santiago Guerra, em 1975, o Coro foi dirigido interinamente por Celso Cavalcanti de Albuquerque, que atuava como maestro assistente, e Zuinglio Faustini (1938-1999). Em 1978 o maestro Andrés Máspero foi nomeado titular, permanecendo até 1982. No período, o Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro foi considerado um dos melhores do mundo em seu gênero pela revista Ópera News. Com a saída de Máspero, assumiu o maestro Manuel Cellario, que atuava como maestro preparador, permanecendo até 2000, quando se aposentou. Seu assistente, Maurilio dos Santos Costa, foi nomeado titular em 2001 permanecendo até 2013.

Andrés Máspero

Andrés Máspero

Manuel Cellario

Manuel Cellario

Maurílio Costa

Maurílio Costa

Atualmente o maestro titular é Jésus Figueiredo, tendo como assistente Priscila Bomfim.

foto-jesus-figueiredo2
O Coro do Theatro Municipal participa das óperas nas temporadas líricas, assim como de concertos sinfônicos e balés. Desde sua criação já cantou em mais de uma centena de produções de óperas, desde Orfeo de Monteverdi até títulos de compositores brasileiros. Em suas atuações cênicas o Coro já foi dirigido por nomes como Franco Zefirelli, Lamberto Puggelli, Wolfgang Wagner, Hugo de Anna, Gianni Rato, Adolfo Celli, Oscar Figueroa, Margarita Wallmann, Sonja Frissell, Werner Herzog, Sérgio Brito e Gerald Thomas. Para as apresentações com a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal, ou com outras orquestras para as quais é constantemente convidado, possui um vasto repertório, que vai desde o Barroco até a produção contemporânea.

Maestro Titular

Jésus Figueiredo 
Jésus Figueiredo

Jésus Figueiredo

Bacharel em Regência Orquestral, em Órgão de Tubos e Mestre em Acústica Musical pela Escola de Música da UFRJ, onde também foi Professor Substituto de Regência Orquestral. É Maestro Titular do Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde trabalha desde 1999, atuando ainda com a Orquestra Sinfônica na preparação e regência de Concertos, Óperas e Balés.

 

Em 2010, ganhou o prêmio ‘Primeiro Lugar em Regência de Ópera’ na 4ª Edição do Concurso Nacional da Ópera de San Juan, na Argentina. Já regeu diversas orquestras no Brasil – como a de Câmara do Amazonas, Filarmônica do Ceará, Sinfônicas de Minas Gerais, de Barra Mansa, Sinfônica da UFRJ, Sinfônica Nacional da UFF, Sinfônica Brasileira, Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro – e na Argentina, como a Acadêmica do Teatro Colón de Buenos Aires, Universidade Nacional de Cuyos e a da Ópera de San Juan.

 

Como Maestro de Coro de Ópera, recebeu o Prêmio Sharp (1999) e o Prêmio APCA de melhor CD de Música Erudita (1998) pela gravação da ópera Colombo, de Carlos Gomes, realizada pela UFRJ. Assinou a regência e direção musical das óperas Orfeo de Monteverdi, O Chalaça de Francisco Mignone, O Elixir do Amor de Donizetti, Orfeo de Gluck, O Cientista de Silvio Barbato, e Rei Arthur de Henry Purcell, espetáculo este classificado pelo jornal O Globo como um dos dez melhores de 2008.

 

Tem se dedicado ainda à regência de balés e sob sua direção já dançaram a Cia Brasileira de Ballet, a Escola do Teatro Bolshoi do Brasil e o Ballet do Theatro Municipal do Rio – em títulos como Les Sylphides de Chopin, O Quebra-Nozes de Tchaikovsky, Coppélia de Leo Delibes e Don Quixote de Minkus –, além de ter preparado a Orquestra Sinfônica que acompanhou em 2011 e 2012 as temporadas cariocas respectivamente do Ballet Kirov de São Petersburgo (Rússia), com O Lago dos Cisnes, e do Ballet do Alla Scala de Milão (Itália), com Giselle.

 

Como organista, foi solista junto às Orquestras Sinfônica Brasileira, no concerto de abertura da temporada, e Sinfônica do Festival Internacional de Campos do Jordão, com a Sinfonia nº3 para órgão e orquestra de Saint-Säens, em concerto que lhe rendeu uma bolsa de estudos em Órgão de Tubos na Universidade de Iowa (EUA).

 

Em 2013, assumiu a Direção Musical do Coro da Associação de Canto Coral, que tem se mantido com grande destaque no cenário musical brasileiro desde sua fundação em 1941.

1º Sopranos

Celinelena Ietto, Gina Martins, Gisele Diniz, Ivanesca Duarte, Márcia Brandão, Marianna Lima, Michele Menezes, Mônica Maciel, Regina Coeli, Rosane Aranda, Rose Provenzano, Wellen Barros.

2ª Sopranos

Cíntia Fortunato, Eleonora Reys, Eliane Lavigne, Fernanda Schleder, Gélcia Improta, Helen Heinzle, Flavia Fernandes, Kedma Freire, Lucia Bianchini, Magda Belloti, Marly Spiller, Neti Szpilman, Norma Teófilo.

Mezzos

Ângela Brant, Beatriz Simões, Carla Odorizzi, Claudia Parussolo, Denise Souza, Eliane Salek, Hellen Maximiano, Kátya Kazzaz, Lara Cavalcanti, Lourdes Santoro, Noeli Mello, Vívian Delfini.

Contraltos

Andressa Inácio, Daniela Mesquita, Ester Silveira, Lily Driaze, Mirian Silveira, Neaci Pinheiro, Rejane Ruas, Talita Siqueira.

1º Tenores

Alfredo Lyrio, Erick Alves, Elizeu Batista, Geilson Santos, Geraldo Matias, Ilem Vargas, Jacques Rocha, Luiz Furiati, Luiz Ricardo, Manoel Mendes, Marcos Paulo, Ossiandro Brito, Pedro Gattuso, Weber Duarte, Wladimir Cabanas.

2º Tenores

Áureo Colpas, Celso Mariano, Ivan Jorgensen, João Alexandre, José Rescala, Kreslin de Icaza, Marcos Menescal, Paulo Mello, Ricardo Tuttmann, Robson Almeida, Silvio da Hora.

Barítonos

Carlos Silvestre, Frederico Assis, Ciro D’Araújo, Fábio Belizallo, Fabrízio Claussen, Francisco Neves, Leonardo Agnese, Leonardo Páscoa, Dudu Nohra, Marcus Vinicius, Rodolpho Páscoa.

Baixos

Anderson Cianni, Cícero Pires, Luis Gustavo Farina, João Marcos, Jorge Costa, Jorge Mathias, Leandro Costa, Leonardo Thieze, Mauricio Luz, Patrick Oliveira, Pedro Olivero, Vandelir Camilo, Anderson Cianni.

Maestro Assistente e Pianista

Priscila Bomfim

Coordenadora Administrativa

Vera Lucia de Araújo





CONTATO CORO TMRJ:

(55 21) 2332-9215