compre aqui seu ingresso

Não é permitida a entrada de pessoas trajando bermuda, short, top, camisa sem manga e chinelos.

 

 

 

 

Dias 02, 05, às 20h
Dias 07, às 17h

MADAMA BUTTERFLY, DE GIACOMO PUCCINI
CORO E ORQUESTRA SINFÔNICA DO THEATRO MUNICIPAL E SOLISTAS CONVIDADOS

Madama Butterfly é uma ópera em três atos de Giacomo Puccini, com libreto de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa, que conta a história de um tenente da marinha que se apaixona por uma gueixa. A ópera, que estreou no Teatro alla Scala, em Milão, em 17 de fevereiro de 1904, tem o libreto baseado na peça do norte-americano David Belasco, que por sua vez se inspirou numa história escrita pelo advogado também norte-americano John Luther Long.

 

Sinopse
Numa época em que o Japão era um país quase totalmente isolado do resto do mundo, no século XIX, um presidente americano mandou uma expedição de reconhecimento a Sua Majestade Imperial, por volta de 1870, cujo intuito era forjar laços de amizade com o Império do Sol Nascente. Nas décadas que se seguiram, vários oficiais da marinha americana visitaram o Japão e se casavam temporariamente com jovens japonesas. A história de Cio-Cio-San (Butterfly, ou Borboleta), portanto, se baseia em fatos reais, e narra as trágicas consequências de um desses matrimônios contraídos com leviandade.
  
Música - Giacomo Puccini
Libreto - Luigi Illica e Giuseppe Giacosa

 

Solistas

 Madama Butterfly – Hiromi Omura, soprano

B. F. Pinkerton – Fernando Portari, tenor

Sharpless – Rodolfo Giugliani, barítono

Suzuki – Denise de Freitas, mezzo-soprano

Goro – Sérgio Waintraub, tenor

Yamadori – Ivan Jorgensen, tenor

Bonzo – Daniel Soren, baixo

Kate Pinkerton – Vivian Delfini, mezzo-soprano

Comissário Imperial – Ciro D’Araújo, barítono 

Oficial do Registro Civil – Patrick Oliveira, baixo

 

Cenários – Renato Theobaldo

Figurinos – Cica Modesto

Coreografia de ação – Dani Chao Hu

Iluminação – Carina Stassen

Vídeo Designer – Laís Rodrigues

Assistente de Direção - Caetano Pimentel


Direção cênica – Carla Camurati
Direção Musical e Regência
- Isaac Karabtchevsky

 

PALESTRA FALANDO DE ÓPERA

Palestrante – Silvio Viegas
Salão Assyrio - Avenida Rio Branco, s/nº
Entrada Franca, mediante a apresentação do ingresso (todos os dias da temporada, com início sempre 1h30 antes do espetáculo)
Duração: 60 minutos

 

Preços: 
Frisas e camarotes – R$ 600,00
Plateia e balcão nobre – R$ 100,00 
Balcão superior – R$ 80,00 
Galeria – R$ 50,00

 

 

Dias 03, 10 e 17, às 12h

 

AMAHL E OS VISITANTES DA NOITE
ÓPERA DO MEIO-DIA **
Solistas do Coro do Theatro Municipal

 

 A Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro apresenta a versão completa da ópera natalina Amahl e os Visitantes da Noite, de Giancarlo Menotti (1911-2007) no Projeto Ópera do Meio-Dia. Esta série tem a finalidade de divulgar a ópera, oferecer arte a quem trabalha no Centro durante a pausa para descanso e dar oportunidade aos integrantes do Coro de se apresentarem em solo ao público. Cada espetáculo do Projeto, realizado no Foyer do Theatro Municipal – com figurinos, maquiagem, canto e cena, com acompanhamento de piano – tem duração de uma hora, com trechos de óperas ou mesmo obras completas que durem 60 minutos.
Primeira ópera especialmente escrita para a televisão, Amahl e os Visitantes da Noite estreou em 24 de dezembro de 1951, com transmissão pelos estúdios da rede NBC, de Nova York. Ambientada na Antiga Palestina, na estrada que leva a Belém, esta ópera em um ato conta uma passagem em que os três reis magos conhecem o pobre menino Amahl, quando estão a caminho da adoração do recém-nascido Jesus. O garoto, que vivia em uma humilde choupana, tinha uma deficiência em uma das pernas e precisava de muletas para caminhar. Na trama, que se passa em uma noite fria de inverno, Amahl vê uma bela estrela se movendo no céu. Intrigado, conta o fato para sua mãe que não acredita. Pouco tempo depois, os dois ouvem batidas na porta do casebre. São os três Reis Magos que estavam seguindo a estrela brilhante em busca do Menino Rei, que acabara de nascer.

 

Música: Giancarlo Menotti

 

Solistas:

Amahl –      Tiê De Kuhl e Machado *, sopranino

                       João Victor dos Santos *, sopranino

Mãe –          Eliane Lavigne, soprano

Kaspar –      Elizeu Batista, tenor

Melchior – Leonardo Thiese, baixo

Balthazar – Jorge Costa, baixo

Pajem –      Cícero Pires, baixo

Pastores –  Rose Provenzano, soprano;

                       Lara Cavalcanti, mezzo-soprano;

                       Ossiandro Brito, tenor;

                       Cícero Pires, baixo

 

(*) Solistas integrantes do Coral Infantil da UFRJ

Preparação vocal das vozes infantis - Maria José Chevitarese

 

Pianista – Eliara Puggina

 

Direção Cênica – Caetano Pimentel

 

Direção Musical – Jésus Figueiredo

 

Direção Geral – Bruno Furlanetto



Foyer do Theatro Municipal

Capacidade: 100 lugares não marcados

 

Classificação etária: livre
Duração: 60 minutos
Preço único - R$ 5,00

(**) Vale lembrar que, mesmo na sessão matinal, não é permitida a entrada de pessoas trajando bermuda, short, top, camiseta sem manga e chinelos, exceto para crianças até 10 anos.

 

 

 

 

 

Dia 6, às 17h
PROVA FINAL DO IV CONCURSO INTERNACIONAL BNDES DE PIANO – 2014
Homenagem a Magda Tagliaferro e Villa-Lobos

 

Orquestra Sinfônica Brasileira

Regência – Roberto Minczuk

Patrocínio exclusivo – BNDES
 
Entrada franca

Distribuição de ingressos no dia do concerto, a partir das 16h na Bilheteria do Theatro Municipal

 

 

 

Dias 13, 20 e 27, às 20h30

Dias 14, 21 e 28, às 17h

Dias 17, 18, 19, 26 e 29, às 20h

 

O QUEBRA-NOZES
BALLET, CORO E ORQUESTRA SINFÔNICA DO THEATRO MUNICIPAL

 

Seguindo a tradição, o belíssimo ballet O Quebra-Nozes, com coreografia de Dalal Achcar, fecha a programação de 2014 com récitas entre os dias 13 e 29 de dezembro, apresentadas pelo Ballet, Coro e a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, sob a regência de Silvio Viegas. A enorme popularidade desta obra comprova o fascínio exercido nas plateias a partir do encontro do conto de Alexandre Dumas com a música de Tchaikovsky e a coreografia original de Marius Petipa e Lev Ivanov recriada por Dalal Achcar.

 

Música: Piotr Ilitch Tchaikovsky 
Regência: Silvio Viegas 
Concepção, Coreografia e Mise-en-Scène: Dalal Achcar 
Com base na criação original de Marius Petipa e Lev Ivanov 
Cenários e Figurinos: José Varona 
Diretor Artístico do Ballet do Theatro Municipal: Sergio Lobato

 

Solistas dos personagens Fada Açucarada e Príncipe

 

Márcia Jaqueline e Moacir Emanoel – Dias 13, 17, 18 e 20

Renata Tubarão e Filipe Moreira – Dias 14 e 19

Karen Mesquita e Cícero Gomes – Dias 21 e 26

Claudia Mota e Moacir Emanoel – Dias 27, 28 e 29

 

Participação especial:

Alunos da Escola de Dança, Artes e Técnicas do Theatro Municipal Maria Olenewa

Direção: Maria Luísa Noronha

 

Preços:
Frisas e camarotes – R$ 600,00
Plateia e balcão nobre – R$ 100,00
Balcão superior – R$ 80,00
Galeria – R$ 50,00

 

PALESTRA FALANDO DE BALLET

 

Apresentação: Paulo Melgaço
Salão Assyrio / Avenida Rio Branco, s/nº - Centro
Entrada Franca, mediante a apresentação do ingresso

 

Dias 13, 20 e 27, às 19h
Dias 14, 21 e 28, às 15h30

Dias 17, 18, 19, 26 e 29, às 18h30

 

 

 

Dia 21, às 11h *

 

AMAHL E OS VISITANTES DA NOITE
DOMINGO NO MUNICIPAL **
Solistas do Coro do Theatro Municipal

A Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro apresenta a versão completa da ópera natalina Amahl e os Visitantes da Noite, de Giancarlo Menotti (1911-2007) no Projeto Ópera do Meio-Dia. Esta série tem a finalidade de divulgar a ópera, oferecer arte a quem trabalha no Centro durante a pausa para descanso e dar oportunidade aos integrantes do Coro de se apresentarem em solo ao público. Cada espetáculo do Projeto, realizado no Foyer do Theatro Municipal – com figurinos, maquiagem, canto e cena, com acompanhamento de piano – tem duração de uma hora, com trechos de óperas ou mesmo obras completas que durem 60 minutos.

 

Primeira ópera especialmente escrita para a televisão, Amahl e os Visitantes da Noite estreou em 24 de dezembro de 1951, com transmissão pelos estúdios da rede NBC, de Nova York. Ambientada na Antiga Palestina, na estrada que leva a Belém, esta ópera em um ato conta uma passagem em que os três reis magos conhecem o pobre menino Amahl, quando estão a caminho da adoração do recém-nascido Jesus. O garoto, que vivia em uma humilde choupana, tinha uma deficiência em uma das pernas e precisava de muletas para caminhar. Na trama, que se passa em uma noite fria de inverno, Amahl vê uma bela estrela se movendo no céu. Intrigado, conta o fato para sua mãe que não acredita. Pouco tempo depois, os dois ouvem batidas na porta do casebre. São os três Reis Magos que estavam seguindo a estrela brilhante em busca do Menino Rei, que acabara de nascer.

 

Música  -  Giancario Menotti

Solistas:

Amahl –      Tiê De Kuhl e Machado *, sopranino

                       João Victor dos Santos *, sopranino

Mãe –          Eliane Lavigne, soprano

Kaspar –      Elizeu Batista, tenor

Melchior – Leonardo Thiese, baixo

Balthazar – Jorge Costa, baixo

Pajem –      Cícero Pires, baixo

Pastores –  Rose Provenzano, soprano;

                       Lara Cavalcanti, mezzo-soprano;

                       Ossiandro Brito, tenor;

                       Cícero Pires, baixo

 

(*) Solistas integrantes do Coral Infantil da UFRJ

Preparação vocal das vozes infantis - Maria José Chevitarese

 

Pianista – Eliara Puggina

 

Direção Cênica – Caetano Pimentel

 

Direção Musical – Jésus Figueiredo

 

Direção Geral – Bruno Furlanetto

 

Classificação etária: livre 
Duração: 60 minutos  
Preço único - R$ 1,00

 
(*) Vendas somente no dia da apresentação, diretamente na entrada principal do Theatro Municipal, a partir das 10h.

(**) Vale lembrar que, mesmo na sessão matinal, não é permitida a entrada de pessoas trajando bermuda, short, top, camiseta sem manga e chinelos, exceto para crianças até 10 anos.

 

 

 

 

Dia 22, às 20h
Orquestra Petrobras Sinfônica & Orquestra Sinfônica Heliópolis

Concerto Comemorativo pelos 80 Anos do Maestro Isaac Karabtchevsky

Regente – Isaac Karabtchevsky

Solistas – Lina Mendes, soprano
                  Edinéia Oliveira, mezzo-soprano

Participações – Coral dos Canarinhos de Petrópolis
                             Coral das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis    

 

Programa:

GUSTAV MAHLER (1860-1911)
Sinfonia Nº 2 em dó menor (Ressurreição)
- Allegro majestoso
- Andante comodo
- In ruhig fliessender Bewegung
- Urlicht – sehr feierlich, aber schlicht
- Im Tempo des Scherzos  

 

 

Preços:
Frisa e Camarote – R$ 576,00
Plateia e Balcão Nobre – R$ 96,00
Balcão Superior – R$ 50,00 
Galeria – R$ 20,00

 

 

 

Os ingressos  vendidos através dos pontos de vendas telefônicas, remotas e do “site” da INGRESSO.COM, cuja operação seja a retirada de bilhetes na Bilheteria do Theatro Municipal, deverão ser  entregues na entrada do Salão Assyrius – acesso Av. Rio Branco, no período de 01 (uma) hora de antecedência da abertura do espetáculo.

 

Horário da bilheteria: 

Segunda a sexta, sábados, domingos e feriados --10h às 18h.

Nos dias de espetáculos, das 10h até a hora do início da apresentação.


Não é permitida a entrada de pessoas trajando bermuda, short, top, camisa sem manga e chinelos.
Bilheteria: Boulevard (entrada Rua Evaristo da Veiga)

 

mapa