compre aqui seu ingresso

 

Dia 1º, às 20h

Dia 02, às 17h

 

ÓPERA + BALÉ

 

MOZART & SALIERI + SHEHERAZADE

BALLET, CORO E ORQUESTRA SINFÔNICA DO THEATRO MUNICIPAL

 

Reunindo os três corpos artísticos em um único espetáculo, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro apresentará duas produções do compositor russo Rimsky-Korsakov. O poema sinfônico Sheherazade foi originalmente coreografado por Michel Fokine, principal nome dos Balés Russos. A obra foi dançada pela primeira vez no Brasil em 1922, exatamente no Theatro Municipal, por ninguém menos que Vaslav Nijinski, o mais famoso bailarino de todos os tempos. O Ballet do Theatro Municipal recriará a expressiva coreografia de Fokine sobre tema das Mil e Uma Noites. Completará o programa a ópera Mozart & Salieri, baseada na história original do escritor Alexander Pushkin, que deu origem muitas décadas depois a uma das obras-primas do cineasta Milos Formam, o filme Amadeus.

 

MOZART & SALIERI – Ópera em um ato (1897)

CORO E ORQUESTRA SINFÔNICA DO THEATRO MUNICIPAL

Música – Nikolai Rimsky-Korsakov (1844-1908)

Libreto – Alexander Pushkin (1799-1837)

Cenografia – Fernando Melo da Costa

Figurinos – Tanara Schonardie

Iluminação – Aurélio De Simoni

Direção de Movimento – Márcia Rubin

Assistente de Direção – Tiago Herz

 

Direção Cênica – Daniel Herz

Regência – Tobias Volkmann

 

Elenco:

Mozart – Flávio Leite, tenor

Salieri – Inácio De Nonno, barítono

 

 

SHEHERAZADE – Balé em um ato

BALLET, CORO E ORQUESTRA SINFÔNICA DO THEATRO MUNICIPAL

 

Música – Nikolai Rimsky-Korsakov (1844-1908)

Argumento – Alexandre Benois (1879-1960)

Coreografia – Michel Fokine (1880-1942)

Regência – Tobias Volkmann

 

 

Preços:

 

Vendas Avulsas:

 

·         Frisas e Camarotes – R$ 600,00

·         Plateia e Balcão Nobre – R$ 100,00

·         Balcão Superior – R$ 72,00

·         Galeria – R$ 36,00

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

 

Dia 07, às 20h

Dia 09, às 17h

 

DIDO E ENÉAS – Ópera em três atos (1688)

SÉRIE ÓPERA DE CÂMARA EM CONCERTO

 

SOLISTAS DA ACADEMIA DE ÓPERA BIDU SAYÃO, DO

CORO E DA ORQUESTRA SINFÔNICA DO THEATRO MUNICIPAL

 

 

Música – Henry Purcell (1659-1695)

Libreto – Nahum Tate (1652-1715)

 

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

 

 

Dia 08, às 16h

 

 

ORQUESTRA PETROBRAS SINFÔNICA – SÉRIE PORTINARI

 

 

Cláudio Cruz, regente

 

Marco Pereira, violão

 

 

Programa:

 

Camargo Guarnieri Abertura concertante

 

Marco Pereira (orquestração e arranjos) Violão Vadio (medley Baden Powell)

                                                                          Suíte das Águas (sobre temas de Dorival Caymmi)

 

Heitor Villa-Lobos Bachianas Brasileiras nº 7

 

 

Preços:


Frisa e Camarote – R$
576,00
Plateia e Balcão Nobre – R$ 96,00
Balcão Superior – R$ 50,00
Galeria – R$ 20,00

 

 

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

 

Dia 15, às 20h

 

TONHALLE-ORCHESTER ZÜRICH

com LIONEL BRINGUIER, regente

e NELSON FREIRE, piano

 

SÉRIE CONCERTOS INTERNACIONAIS – DELL’ARTE

 

 

 

Solista Nelson Freire, piano

 

 

Fundada em 1868, é a mais antiga orquestra sinfônica da Suíça. Sua sala de concertos é considerada uma das melhores do mundo. O conjunto consiste em mais de cem músicos de vinte países que, em turnês anuais, apresentam aproximadamente cem concertos em todo o mundo. O maestro Lionel Bringuier e o pianista Nelson Freire gravaram recentemente o Concerto Nº 2 de Chopin.

 

Programa:

 

Chopin Concerto para Piano Nº 1 Op.11

Mahler Sinfonia Nº 1

 

Regência Lionel Bringuier

 

 

Preços:


Frisa e Camarote – R$
3.600,00
Plateia e Balcão Nobre – R$ 600,00
Balcão Superior – R$ 290,00
Galeria – R$ 130,00
Galeria Promocional – R$ 50,00 

 

 

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

 

 

Dias 21, 25, 27 e 29, às 20h

Dia 23, às 17h

 

LO SCHIAVO  (1889)

 

CORO E ORQUESTRA SINFÔNICA DO THEATRO MUNICIPAL

 

Música – Antônio Carlos Gomes (1836-1896)

Libreto – Rodolfo Paravicini

(Baseado em argumento de Alfredo d’Escragnolle Taunay, o Visconde de Taunay)

Direção Cênica – Pier Francesco Maestrini

Direção Musical e Regência – Roberto Duarte

 

Carlos Gomes, na opinião do musicólogo Marcelo Conatti, é um dos mais importantes nomes da ópera italiana do século XIX depois de Verdi. Brasileiro, nascido na cidade de Campinas, obteve estrondoso sucesso com sua ópera Il Guarany no Teatro Alla Scala, de Milão. Lo Schiavo é uma de suas melhores produções. Foi escrita após a Abolição da Escravatura no Brasil, em 1888, e dedicada à Princesa Isabel. A temática nacional, onde não faltam florestas tropicais e nativos, se reveste de música inspiradíssima, com destaque para a famosa Alvorada, interlúdio orquestral que abre o terceiro ato e que faz parte do repertório de todas as orquestras brasileiras.

 

Elenco:

Ilara – Adriane Queiroz, soprano

Iberê – Rodolfo Giuliani, baixo-barítono

Américo – Fernando Portari, tenor

Conde Rodrigo – Saulo Javan, baixo

Condessa de Boissy – Edna D’Oliveira, soprano

 

 

Cenografia – Guillermo Nova

Figurinos – Luca Dall’Alpi

 

 

Elenco:

Ilara – Adriane Queiroz, soprano

Iberê – Rodolfo Giuliani, baixo-barítono

Américo – Fernando Portari, tenor

Conde Rodrigo – Saulo Javan, baixo

Condessa de Boissy – Edna D’Oliveira, soprano

 

 

Preços:


Frisas e Camarotes – R$
600,00

Plateia e Balcão Nobre – R$ 100,00

Balcão Superior – R$ 72,00

Galeria – R$ 36,00

 

 

 

Os ingressos para frisas e camarotes são vendidos somente na bilheteria do Theatro Municipal. Os ingressos para plateia, balcão nobre, balcão superior e galeria também podem ser adquiridos através dos pontos de vendas telefônicas, remotas e do “site” da INGRESSO.COM, cuja operação seja a retirada de bilhetes na Bilheteria do Theatro Municipal, deverão ser  entregues na entrada do Salão Assyrius – acesso Av. 13 de maio (Boulevart ), no período de 01 (uma) hora de antecedência da abertura do espetáculo.

 

Horário da bilheteria: 10h às 18h, após as 18h, venda apenas para o espetáculo do dia.

Segunda à sexta, sábados, domingos e feriados
Não é permitida a entrada de pessoas trajando bermuda, short, top, camisa sem manga e chinelos.
Bilheteria: Boulevard (entrada Rua Evaristo da Veiga)