Programação

Sem Título-1

A cantata, aclamada por público e critica, será encenada no final deste mês para deleite do público

 

Com a participação de seus três corpos artísticos – Balé, Coro e Orquestra Sinfônica – “Carmina Burana” retorna ao palco do Theatro Municipal no final de julho. A Orquestra Sinfônica será regida pelo maestro titular Tobias Volkmann. O Coro Infantil da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) fará participação especial. O balé conta com coreografia de Rodrigo Neri, coreógrafo premiado e bailarino do Theatro Municipal. As apresentações serão dias 21, 22 e 23 de julho, com ingressos a partir de R$ 20. Toda a renda do espetáculo será revertida para complementar o pagamento dos salários atrasados dos funcionários do Theatro Municipal.

JUL 21 - 20hs, JUL 22 - 16hs e JUL 23 - 17hs
Deborah Colker - Fotos

Deborah Colker faz em Cão Sem Plumas, baseado no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto (1920-1999), seu primeiro espetáculo de temática explicitamente brasileira.

JUL 27 E 28 - 20:30hs , JUL 29 - 17hs E 20:30hs , JUL 30 - 17hs
DellArte 2017 - YOA - low
Série O Globo/Dell​'Arte Concertos Internacionais

YOA Orchestra of the Americas

Abrindo a programação do segundo semestre teremos a YOA Orchestra of the Americas. Ela é integrada por instrumentistas altamente dotados do Hemisfério Ocidental, provenientes de 26 países. A Orquestra Jovem das Américas é dirigida pelo mexicano Carlos Miguel Prieto altamente conceituado nos Estados Unidos –, que atuará como regente do concerto. A solista convidada será Nadja Salerno-Sonnenberg, uma das violinistas mais aclamadas da atualidade.

AGO 3 - 20hs
YI-JIA SUSANNE HOU FOTO CRÉDITO LISA-MARIE MAZZUCO 1 (2)

A violinista chinesa Yi-Jia Susanne Hou é uma das mais extraordinárias artistas da atualidade. Susanne é vencedora dos mais importantes concurso internacionais de violino (Concurso Internacional de Violino Long-Thibaud e do Sarasate Internacional Violin Competition)

AGO 11 - 20:30hs
DellArte 2017 - ANDRAS SCHIFF - low
Série O Globo/Dell​'Arte Concertos Internacionais

András Schiff

O pianista húngaro András Schiff é um aclamado intérprete de Bach, Schubert, Mozart e Schumann. Ele trabalhou com boa parte das principais orquestras e regentes do mundo. De algum tempo para cá, passou a atuar também como maestro, apresentando-se todos os anos, entre outras, com a Philharmonia de Londres e a Orquestra de Câmara da Europa.

AGO 19 - 16hs
OPES - Série Portinari-1- cortada

Fundada em 1972 pelo Maestro Armando Prazeres, a Orquestra Petrobras Sinfônica completa 43 anos de existência reafirmando o compromisso que lhe deu origem: interpretar a tradição sinfônica sob uma ótica brasileira e atual, com o objetivo de aproximar novos públicos da música de concerto. Suas duas séries de concertos regulares no Theatro Municipal, Djanira e Portinari, têm trazido ao Rio de Janeiro solistas e regentes de destaque internacional.

AGO 26 - 16hs
Momix -2.1
Ballet

MOMIX FOREVER

Tudo em uma noite: o Momix, uma das companhias de dança mais importantes do planeta, volta ao Rio para uma grande celebração, criada para a festa dos 35 anos, completados em 2016.
São dezessete números dentre os mais aplaudidos de toda a carreira do grupo, fundado por Moses Pendleton, selecionados dos espetáculos históricos Momix Classics, Opus Cactus, ReMix, Sun Flower Moon e dos mais recentes Bothanica e Alchemia.
A marca registrada do Momix continua sendo o impacto e o lirismo, numa performance sempre impressionante; bailarinos que  são também acrobatas e ilusionistas,  a música espetacular, os efeitos de luz e cenografia que iram o fôlego do espectador.

AGO 29,30,31 - 20:30hs, SET 01 - 20:30hs, SET 02 - 21hs, SET 03 - 16hs
Banner 455x215px Freddie Mercury Revisited

Venha ouvir os maiores sucessos da carreira de Freddie Mercury em versões para voz, piano, violão e percussão, interpretadas por dois dos melhores cantores brasileiros de musicai, sucesso em Nova York e em São Paulo, agora no Rio de Janeiro

SET 09 - 20:30hs
Nederlands - Foto 2

Programa: I New Then, Mutual Comfort, Solo e Sad Case

“Força, coesão e talento impressionantes.” – Le Quotidien

A juventude e a versatilidade de uma das maiores companhias do mundo.

OUT 03 e 04 - 20hs
DellArte 2017 - De Toulouse - low
Série O Globo/Dell​'Arte Concertos Internacionais

L’Orchestre National du Capitole de Toulouse

Formado nos anos 1960, a partir da fusão da Orchestre du Capitole e da Orchestre Symphonique de Toulouse-Pyrénées, o conjunto, hoje integrado por 125 músicos, não tardou a conquistar uma posição de destaque no cenário internacional. A regência será de Tugan Sokhiev, que é diretor musical desta orquestra desde 2005. Um dos solistas é o jovem pianista Bertrand Chamayou é detentor de dois prêmios Victoires de la Musique Classique. Outro solo caberá à trompetista francesa Lucienne Renaudin-Vary, de apenas 17 anos, que também conquistou uma estatueta do Victoire de la Musique Classique, em 2016, na categoria Revelação Solista Instrumental.

OUT 30 - 20hs
OPES - Série Portinari-1- cortada

Fundada em 1972 pelo Maestro Armando Prazeres, a Orquestra Petrobras Sinfônica completa 43 anos de existência reafirmando o compromisso que lhe deu origem: interpretar a tradição sinfônica sob uma ótica brasileira e atual, com o objetivo de aproximar novos públicos da música de concerto. Suas duas séries de concertos regulares no Theatro Municipal, Djanira e Portinari, têm trazido ao Rio de Janeiro solistas e regentes de destaque internacional. Este concerto será realizado em parceria com o Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

NOV 4 - 16hs
Sem Título-1

Madeleine Peyroux é um dos nomes mais importantes do jazz contemporâneo. O seu novo álbum, Secular Hymns, a conduz a um universo inteiramente novo explorando composições que transcendem o habitual numa obra acabada, viva e comovente. Um amalgama de funk, blues e jazz.

NOV 06 - 20hs
DellArte 2017 - Capella Destaque Site - low
Série O Globo/Dell​'Arte Concertos Internacionais

Cappella Mediterranea

A Cappella Mediterranea é um dos conjuntos de câmara que mais vem chamando a atenção no Velho Mundo nos últimos anos. Fundada em 2005 pelo maestro argentino Leonardo Garcia Alarcón, que fará a regência deste concerto, a orquestra deixa patente, a partir de seu próprio nome, a paixão pela música da bacia do Mediterrâneo. No programa será apresentada L’Orfeo, de Monteverdi.

NOV 12 - 17hs
C

Fundada em 1972 pelo Maestro Armando Prazeres, a Orquestra Petrobras Sinfônica completa 43 anos de existência reafirmando o compromisso que lhe deu origem: interpretar a tradição sinfônica sob uma ótica brasileira e atual, com o objetivo de aproximar novos públicos da música de concerto. Suas duas séries de concertos regulares no Theatro Municipal, Djanira e Portinari, têm trazido ao Rio de Janeiro solistas e regentes de destaque internacional.

NOV 17 - 20hs
DellArte 2017 - Nelson Freire - low
Série O Globo/Dell​'Arte Concertos Internacionais

Nelson Freire

Maior pianista brasileiro da atualidade, Nelson Freire conquistou o status de um dos mais brilhantes do mundo, sendo aclamado em toda parte, quer por suas apresentações lotadas, quer por suas premiadas gravações. Hoje, mais de cinco décadas após sua estreia, Nelson já tocou em mais de 70 países. Suas gravações obtiveram as mais altas honrarias da indústria fonográfica, com uma coleção de Diapason d’Or, Grand Prix du Disque, Victoire d’Honneur, Edison Award e Gramophone Awards.

NOV 22 - 20hs