CARMINA_foto-Júlia Rónai-13
Ópera + Ballet

Carmina Burana

Estreia de ‘Carmina Burana’ nesta quinta-feira (15/6) reunirá Ballet, Coro e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal

 

Com coreografia inédita assinada por Rodrigo Negri, profissional do Corpo de Baile do Theatro Municipal, cantata composta pelo alemão Carl Orff terá quatro récitas até a próxima terça-feira (20/6)

Mais nobre espaço artístico do Brasil, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro estreará nesta quinta-feira (15/06), às 17h, o espetáculo “Carmina Burana”, a famosa cantata composta nos anos 30 do século passado pelo alemão Carl Orff. Haverá ainda récitas nos dias 17, 18 e 20 de junho. Pela primeira vez no ano atuarão em conjunto o Ballet, o Coro e a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal, espaço artístico vinculado à Secretaria de Estado de Cultura.

Um dos destaques da temporada de “Carmina Burana” é a coreografia preparada especialmente pelo bailarino Rodrigo Negri, do Corpo de Baile do Municipal. Há 18 anos no teatro, Rodrigo conta já ter feito outros trabalhos de coreografia, mas nenhum deles da importância do atual.

– Para mim é um desafio enorme, pela importância que ‘Carmina Burana’ tem, pelo momento que vivemos, por trabalhar com amigos. Conheço muito cada um dos bailarinos. Isso ajuda – diz o coreógrafo.

A Orquestra Sinfônica será regida pelo maestro titular Tobias Volkmann. O Coral Infantil da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) fará participação especial.

O espetáculo reforça a retomada das produções próprias da Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro, iniciadas com as apresentações, a partir de abril deste ano, das óperas “Jenufa” e “Norma”.

A presença de um coreógrafo brasileiro em uma obra tão importante quanto “Carmina Burana” é enaltecida pelo diretor artístico do Theatro Municipal, André Heller-Lopes.

– Desde a primeira reunião com as diretoras do Ballet do Theatro Municipal, Ana Botafogo e Cecilia Kerche, ficou clara uma de minhas missões nesta direção artística: desenvolver coreógrafos brasileiros para balé clássico. Foi uma grande sorte termos Rodrigo Negri no balé pronto para o desafio de transformar ‘Carmina Burana’ em espetáculo múltiplo, envolvendo coro, orquestra e balé – observa Heller-Lopes.

“Carmina Burana” (latim; em português: “Canções da Beuern”, sendo “Beuern” uma abreviação de Benediktbeuern) é o nome dado a um manuscrito de 254 poemas e textos dramáticos dos séculos XI, XII e XIII. São peças picantes, irreverentes e satíricas, escritas em latim medieval, com trechos em provençal e médioalto-alemão.

Vinte e quatro poemas de “Carmina Burana” foram musicados por Carl Orff em 1936. A composição rapidamente se popularizou. O movimento de abertura e de encerramento tem sido utilizado em filmes, como “O Exorcista” (1973), clássico do terror dirigido pelo cineasta norte-americano William Friedkin. A cantata estreou na Alemanha nazista em junho de 1937, em Frankfurt.

 

 SERVIÇO

 

Carmina Burana


Cantata de Carl Orff, com a Orquestra Sinfônica, o Ballet e o Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Participação especial do Coral Infantil da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), sob a direção artística de Zezé Chevitarese


Maestro Titular da Orquestra Sinfônica – Tobias Volkmann

Maestro Titular do Coro – Jésus Figueiredo

Diretoras do Balé – Cecília Kerche e Ana Botafogo

Coreografia – Rodrigo Negri

Assistente de coreografia – Marcela Gil

Ensaiador – César Lima

 

 Apresentações

 

Dias 15 (quinta-feira, feriado de Corpus Christi)17 (sábado)

e 18 (domingo) de junho, às 17h

Dia 20 (terça-feira) de junho, às 20h


 Solistas:

Michele Menezes – Soprano

Jacques Rocha – Tenor

Homero Velho – Barítono


Corpo de Baile do Theatro Municipal


Primeiros Bailarinos: Marcia Jacqueline, Cláudia Mota, Cícero Gomes, Moacir Emanuel e Filipe Moreira.

Primeiros Solistas: Deborah Ribeiro, Edifranc Alves, Priscila Mota e Karina Dias.

Segundos Solistas: Rachel Ribeiro, Santiago Junior, Viviane Barreto e Carlos Cabral

Corpo de Baile: Mônica Barbosa, Fernanda Martiny, Renata Gouveia, Bruno Fernandes, Juliana Valadão e Regina Ribeiro

 

Bilheteria do Teatro Municipal do Rio de Janeiro: Praça Floriano, s/nº – Cinelândia – Centro – Rio de Janeiro

Telefone: 55 21 2332-9191

Horários de funcionamento: segunda a sexta-feira das 10h às 17h; sábado, a partir das 10h

OBS – os ingressos já estão à venda

 

 

Duração do espetáculo: 50 minutos

Classificação: livre

JUN 15,17 E 18 - 17h, JUN 20 - 20H


 

Preços

Camarotes/frisas – R$ 300,00

Plateia/balcão nobre – R$ 50,00

Balcão superior – R$ 30,00

Galeria – R$ 20,00